quinta-feira, 31 de agosto de 2017

FINAL DISASTER (Modern Metal - São Paulo/SP)


Banda: FINAL DISASTER

Início de atividades: 2013

Discos lançados: “Another Victim” Single (2014), “Finis Hominis” (Single) 2015, “The Darkest Path” EP (2017)

Formação atual: Kito Vallim (vocais), Laura Giorgi (vocais), Daniel Crivello (guitarras), Rodrigo Alves (guitarras), Felipe Ribeiro Kbça (baixo), Bruno Garcia (bateria).

Cidade/Estado: São Paulo/SP

Final Disaster

BD: Como a banda começou? O que os incentivou a formarem uma banda?

Kito Vallim: Eu já havia participado de diversos projetos e estava afastado do Metal há algum tempo, tocando muito Rock e Hard Rock. Achava que a melhor forma de me expressar artisticamente seria montando uma banda de Metal, conversei com a Laura, chamamos alguns amigos e iniciamos a banda. A principal motivação do FINAL DISASTER é que a gente consiga se expressar artisticamente, o importante é que todos se sintam completos com o que acontece com a banda e quanto mais pessoas curtirem nosso trabalho, melhor.

BD: Quais as maiores dificuldades que estão enfrentando no cenário?

Kito Vallim: O cenário está saturado de coisas acontecendo ao mesmo tempo. Temos uma grande quantidade de bandas de todos os estilos, temos uma grande quantidade de eventos acontecendo simultaneamente, temos uma grande quantidade de casas de show. E existe público para tudo isso, mas o excesso de informação está dispersando a atenção de tudo e todos, então apesar de tudo que está acontecendo ao mesmo tempo, há uma grande dificuldade de se conseguir destaque. Então conseguir crescer nesse cenário e sustentar uma banda de forma saudável é extremamente complicado hoje em dia.

BD: Como estão as condições em sua cidade em termos de Metal/Rock? Conseguem tocar com regularidade? A estrutura é boa?

Kito Vallim: Em São Paulo e arredores há sempre algum evento ocorrendo que precisa de mais uma banda, então, sim, conseguimos tocar com regularidade. Infelizmente o público é muito instável, então às vezes tocamos para grandes públicos e às vezes para praticamente ninguém. E isso ocorre por diversos motivos. A estrutura dos palcos por aqui também é algo completamente heterogêneo, há casas de show com excelente estrutura e outras com estrutura muito abaixo. São Paulo é uma cidade tão grande que acho que é possível encontrar todos os cenários possíveis quando se vai fazer um show, na verdade rsrs.


BD: Hoje em dia, muitos gostam de declarar o fim do Metal, já que grandes nomes estão partindo, e outros parando. Mas, e vocês, que são uma banda, como encaram esse tipo de comentário?

Kito Vallim: Artistas novos surgem todos os dias, eles só não chegam mais ao nível do Metallica (e nunca mais vão chegar). O que vem ocorrendo é que a sociedade está cada vez mais nostálgica e estamos olhando cada vez com mais carinho para o passado, muitos esquecem do presente, mas as coisas não deixaram de acontecer e muitos grandes artistas continuam surgindo.

Uma coisa que vem me preocupando é que o público no metal vem se renovando pouco. A maioria dos shows que eu vou ou que eu faço, a média de idade do público é superior à minha. Eu brinco dizendo que quando tinha 15 anos, meus ídolos tinham a minha idade hoje e não estou vendo ninguém com 15 anos se espelhando em mim rsrs. É uma brincadeira, mas expressa um pouco do que vemos no cenário.

Outra coisa é que estamos vivendo tempos de internet e as estratégias para um artista hoje em dia são outras.

Muito do que se fazia nos anos 70 e 80 já não davam certo nos anos 90 e, consequentemente, muito do que se fez nos anos 90 já não dá mais certo hoje. Existem grandes artistas novos, mas eles não estão mais nos mesmos meios de antes e, se você está conhecendo um artista novo hoje, é muito fácil misturar artistas pequenos com grandes nas plataformas digitais, o que pode dar a impressão de que não temos bandas influenciadoras mais. Mas temos. E muitas.


BD: Em termos de Brasil, o que ainda falta para o cenário dar certo? Qual sua opinião?

Kito Vallim: Nosso mercado é muito fechado em termos musicais. Não exportamos a maioria das nossas bandas e não importamos uma grande variedade de bandas (as bandas gringas que vem para cá costumam ser sempre as mesmas e quando vem uma diferente e lota uma casa de show grande, todos ficam surpresos). Lá fora temos uma grande quantidade de artistas com menos de 10 anos de carreira fazendo longas turnês e tocando próximos dos grandes Headliners (ou, de fato, sendo headliners) de festivais. Não sei se é a falta de um grande circuito de festivais, ou o alto custo logístico tanto para excursionar no Brasil quanto para viajar para outro país, ou mesmo a nossa moeda que é, historicamente, mais fraca do que moedas consolidadas como Euro e Dólar. Mas o que falta para o cenário dar certo, a meu ver, é um maior Intercâmbio entre bandas nacionais e estrangeiras (aqui dentro e lá fora) além de uma mentalidade mais aberta ao diferente no cenário.


BD: Deixem sua mensagem final para os leitores.

Kito Vallim: Antes de mais nada, gostaria de agradecer ao Metal Samsara pela oportunidade! Gostaria de afirmar que é uma verdadeira HONRA participar dessa entrevista. A iniciativa é excelente e todos do FINAL DISASTER esperamos que isso revele grandes bandas para o público e gere retorno para o blog! São iniciativas assim que dão fôlego para a nossa cena e fazer parte disso para nós é algo inexplicável. Muito obrigado!

Queríamos agradecer aos leitores que chegaram até o fim da entrevista, são vocês que fazem a máquina do underground rodar e são por pessoas como vocês que as bandas se mantém ativas e os sites e blogs se mantém no ar! Espero que tenhamos instigado um pouco da curiosidade para conferirem nossa banda! Temos nosso EP “The Darkest Path” no Spotify e no Youtube, dia 07/09 lançaremos um clipe para o EP, então estamos muito ansiosos e empolgados!


Links para contatos:
Intagram @finaldisasterofficial

Links para audição:




EP "The Darkest Path" no Spotify: https://open.spotify.com/artist/3Deto26wjooiLPQmPGlZ0E

Lyric Video de "This Is The End"https://www.youtube.com/watch?v=7Ec_R6yXWFs


KADAVAR: release official 'Into The Wormhole' music video!


Berlin, Germany-based rock overlords KADAVAR have released the official music video for the brand new song 'Into The Wormhole'. The track comes off their eagerly awaited fourth studio album, »Rough Times«.

The video was shot at Sphaèros Art Cave in Paris, France, directed by Luizo Vega (Studio V). The video starring actor AQUA NEBULA OSCILLATOR singer David Sphaèros follows a concept by drummer Tiger.

Commented Tiger: "The darkness that surrounds us when reality seems like a big black hole, those times when we try to turn around trying to escape the gravity of modern life looking for the shortcut to a more pleasant one, our biggest wish is that wormholes do exist and can take us to another dimension. A place where our thoughts are not poisoned and our souls can resonate freely. Playing music together has always been an attempt to enter this rare state of mind where everything is fine for just a second. While "Into The Wormhole" is rather slow and possibly the heaviest song we have ever written, it philosophies about the shortcuts to enter the state of bliss at speed of light, the WORMHOLE.

Our history with our french buddies in AQUA NEBULA OSCILLATOR, goes far behind and each of us has tried in their own way to find salvation through music. This is why I've had the idea to ask singer and main brain David Sphaèros to open the doors to his infamous caves in the parisian underground for us to collaborate for this video. Being able to get Luizo Vega on board as a director, who has just worked on »Dracula's Not Dead« pushed the whole thing just in the right direction."



The band recently released a 7" vinyl single for the first single 'Die Baby Die' including the BEATLES cover 'Helter Skelter' which available via http://nblast.de/KadavarDieBabyDieNB

The pre-orders for »Rough Times« (in various lavish formats, see below) and brand new merchandise can be viewed here.





















»Rough Times« will be released on September 29 via Nuclear Blast. 

More on »Rough Times«:

'Die Baby Die' music video: https://youtu.be/fE6AqV43bz8


Video Trailer #1: https://youtu.be/NbbUt-TS3UE
Video Trailer #2: https://youtu.be/XZk5gSZE2CY

by Elizaveta Porodina

KADAVAR live:
30.09. UK London - The Dome
01.10. UK Sheffield - HRH Doom vs. Stoner
20.12. D Bremen - Tower
21.12. D Mannheim - Alte Feuerwache
22.12. D Münster - Sputnikhalle
28.12. D Chemnitz - AJZ Talschock
29.12. D Siegen - Vortex

w/ MANTAR, DEATH ALLEY
12.10. D Essen - Zeche Carl
13.10. D Hamburg - Markthalle*
14.10. D Leipzig - Conne Island
15.10. B Antwerp - Desert Fest
17.10. F Strasbourg - La Laiterie Club
18.10. F Paris - Le Trabendo
19.10. F Rennes - L’Ubu
20.10. F Bordeaux - La Krakatoa
21.10. E Madrid - But
22.10. E Barcelona - Bikini
24.10. F Lyon - Feyzin
25.10. CH Monthey - Pont Rouge
26.10. CH Aarau - Kiff
27.10. D Munich - Backstage
28.10. A Vienna - Flex
29.10. A Graz - PPC
30.10. HR Zagreb - Mocvara
01.11. H Budapest - A38
02.11. PL Warsaw - Progresja
03.11. PL Krakow - Kwadrat
04.11. CZ Prague - Nová Chmelnice
05.11. D Nuremberg - Hirsch
07.11. NL Amsterdam - Paradiso Noord
08.11. D Hanover - Capitol
09.11. DK Copenhagen - Pumpehuset
10.11. S Stockholm - Debaser
11.11. N Oslo - Bla
12.11. S Gothenburg - Pustervik
13.11. NL Deventer - Burgerweeshuis
15.11. D Cologne - Bürgerhaus Stollwerck
16.11. D Wiesbaden - Schlachthof
17.11. D Stuttgart - LKA Longhorn
18.11. D Berlin - Columbiahalle
*without MANTAR


KORPIKLAANI: reveal 'Lempo' live clip; »Live at Masters of Rock« out now!




The wait is over: Finnish Folk Metal Superstars KORPIKLAANI have released their first ever live Blu-ray/DVD+2CD package titled »Live at Masters of Rock«, last Friday through Nuclear Blast. To mark the occasion, the band has launched another live clip over on YouTube. Check out 'Lempo (live)' now: https://www.youtube.com/watch?v=TzEjCNjme6g


Order »Live at Masters of Rock« now: http://nblast.de/KorpiklaaniLiveNB
Order »Live at Masters of Rock« digitally or stream it: http://nblast.de/KorpiklaaniDigital

More on »Live at Masters of Rock«:

'Pilli on pajusta tehty' OFFICIAL LIVE VIDEO: https://www.youtube.com/watch?v=20zqi-7QKP0


'Erämaan ärjyt' OFFICIAL LIVE VIDEO: https://www.youtube.com/watch?v=Xccb1-jdzTQ


'Kultanainen' OFFICIAL LIVE VIDEO: https://www.youtube.com/watch?v=ZzAB__bs_s8




After hearing the title of the package, it's easy to conclude that it was recorded at the identically named festival in Vizovice, Czech Republic. But there's even more to be excited about, this release doesn't just include KORPIKLAANI's show from 2016, it even has a second full show from 2014 as bonus feature. The 2016 concert features guest appearances from Tero Hyväluoma (additional fiddler) as well as Toni Perttula (additional accordion player), Sami's identical twin brother. Mixing of »Live at Masters of Rock« was handled by front man Jonne Järvelä himself, mastering was done by Svante Forsbäck (RAMMSTEIN etc.)

»Live at Masters of Rock« - Track Listing:

Blu-ray/DVD
2016:
01. Intro (Tanhuvaara)
02. A Man With A Plan
03. Journey Man
04. Pilli on pajusta tehty
05. Erämaan ärjyt
06. Lempo
07. Sahti
08. Ruumiinmultaa
09. Vaarinpolkka
10. Viima
11. Metsämies
12. Kultanainen
13. Kipumylly
14. Ämmänhauta
15. Rauta
16. Kylästä keväinen kehto
17. Wooden Pints
18. Vodka
19. Beer Beer
2014:
01. Intro (Tanhuvaara)
02. Tuonelan tuvilla
03. Ruumiinmultaa
04. Metsämies
05. Kantaiso
06. Juodaan viinaa
07. Petoeläimen kuola
08. Sumussa hämärän aamun
09. Vaarinpolkka
10. Kultanainen
11. Uniaika
12. Louhen yhdeksäs poika
13. Uni
14. Vodka
15. Ievan polkka
16. Rauta
17. Wooden Pints
18. Pellonpekko
19. Happy Little Boozer


CD1 (2016)
01. Intro (Tanhuvaara)
02. A Man With A Plan
03. Journey Man
04. Pilli on pajusta tehty
05. Erämaan ärjyt
06. Lempo
07. Sahti
08. Ruumiinmultaa
09. Vaarinpolkka
10. Viima
11. Metsämies
12. Kultanainen
13. Kipumylly
14. Ämmänhauta
15. Rauta
16. Kylästä keväinen kehto
17. Wooden Pints
18. Vodka
19. Beer Beer


CD2 (2014)
01. Intro (Tanhuvaara)
02. Tuonelan tuvilla
03. Ruumiinmultaa
04. Metsämies
05. Kantaiso
06. Juodaan viinaa
07. Petoeläimen kuola
08. Sumussa hämärän aamun
09. Vaarinpolkka
10. Kultanainen
11. Uniaika
12. Louhen yhdeksäs poika
13. Uni
14. Vodka
15. Ievan polkka
16. Rauta
17. Wooden Pints
18. Pellonpekko
19. Happy Little Boozer



KORPIKLAANI live:


09.09. CH Hüttikon - Meh Suff! Metal Festival


16.09. J Osaka - amHall
17.09. J Nagoya - Rad Hall
18.09. J Tokyo - Liquid Room
20.09. RC Shenzhen - Red Sugar Jar
21.09. RC Guangzhou - Tu Space
22.09. RC Chengdu - Little Bar Space
23.09. RC Beijing - Gawara-Tango Live
24.09. RC Shanghai - Bandai Namco Shanghai Base Future House


07.10. FIN Helsinki - Heavy Metal Heart Festival
14.10. FIN Lahti - Sibelius Hall


01. - 05.02. USA Miami/Ft. Lauderdale, FL - 70000 Tons of Metal


w/ ARKONA, HEIDEVOLK, TROLLFEST
15.02. B Antwerp - Trix
16.02. D Hamburg - Markthalle*
17.02. D Oberhausen - Turbinenhalle 2*
18.02. NL Amsterdam - Melkweg
19.02. D Saarbrücken - Roxy/Garage
20.02. F Paris - Elysée Montmartre
21.02. F Nantes - Stereolux
22.02. F Toulouse - Le Bikini
23.02. E Madrid - Sala But
24.02. E Barcelona - Salamandra 1
25.02. F Lyon - Transbordeur
26.02. CH Vevey - The Rocking Chair
27.02. D Aschaffenburg - Colos-Saal
28.02. D Berlin - Columbia Theater
01.03. CZ Prague - Meet Factory
02.03. D Munich - Backstage*
03.03. D Stuttgart - LKA*
04.03. CH Pratteln - Z7*
05.03. I Milan - Magazzini Generali
06.03. A Salzburg - Rockhouse
07.03. A Graz - Orpheum
08.03. A Vienna - Simm City
09.03. D Leipzig - Hellraiser*
10.03. D Geiselwind - Musichall*
11.03. D Hanover - Capitol
*extended shows - more info coming soon...!

More info:

CRADLE OF FILTH: Dani Filth talks covering ANNIHILATOR in new video trailer


UK's legendary extreme metal icons CRADLE OF FILTH have released a brand new video in which singer Dani Filth talks covering ANNIHILATOR's classic 'Alison Hell' for the vinyl and limited digipak versions of the band's upcoming album »Cryptoriana - The Seductiveness Of Decay« and covering in general. Watch it here: https://youtu.be/7_-Czcziesc


More on »Cryptoriana - The Seductiveness Of Decay«:
Album trailer #1: https://youtu.be/cNN8SjyehUI
Album trailer #2: https://youtu.be/ISzbo8KFOfk
Album trailer #3: https://youtu.be/oVa2QASL0Jw

'Heartbreak And Seance' making of: https://youtu.be/FJwqiLOuF3o


'Heartbreak And Seance' music video: https://vimeo.com/224915782


'You Will Know The Lion By His Claw' lyric video: https://youtu.be/s8r6DoD83ok


The album is now available for pre-orders. Pre-orders can now be accessed here!

'Heartbreak And Seance' & 'You Will Know The Lion By His Claw' can now be purchased as an instant grat track from all known download platforms: http://nblast.de/CradleOfFilthDigital
»Cryptoriana - The Seductiveness Of Decay« will be released on September 22 via Nuclear Blast. The album will be available in various formats/editions.









Also find the stunning cover artwork by Artūrs Bērziņš below. Bērziņš is the mastermind behind the new record’s artwork, photography and videography – best known for his defiant neo-symbolism raster graphics and oil paintings; postmodern interpretations of classic myths. He has been proclaimed as a “sacred monster of Latvian postmodernism”.


CRADLE OF FILTH
CRYPTORIANA WORLD TOUR


UK & IRELAND TOUR w/ special guest SAVAGE MESSIAH
30.10. Belfast - Limelight
31.10. Dublin - Academy (Halloween Show)
02.11. Manchester - Academy 2
03.11. Glasgow - Garage
04.11. Birmingham - O2 Institute 2
05.11. Church - Leeds
07.11. Oxford - O2 Academy
08.11. Southampton - Engine Rooms
09.11. Norwich - Waterfront
10.11. London - Electric Ballroom
11.11. Bristol - Bierkeller


CONTINENTAL EUROPE TOUR w/ special guest MOONSPELL
18.01. CZ Prague, Roxy
19.01. CZ Ostrava, Garage
20.01. SK Bratislava, MMC
21.01. HU Budapest, A38
23.01. PL Krakow, Kwadrat
24.01. PL Warsaw, Progresja
25.01. PL Gdansk, B90
27.01. DE Leipzig, Hellraiser
28.01. DE Berlin, C-Club
29.01. DE Hamburg, Grünspan
30.01. DE Bremen, Schlachthof
01.02. NL Tilburg, 013
02.02. NL Haarlem, Patronaat
03.02. DE Osnabrück, Hyde Park
04.02. DE Cologne, Essigfabrik
06.02. DE Bochum, Zeche
07.02. DE Frankfurt, Batschkapp
08.02. DE Nürnberg, Hirsch
09.02. DE Saarbrücken, Garage
10.02. CH Pratteln, Z7
12.02. IT Milano, Live Club
13.02. IT Bologna, Zona Roveri
14.02. FR St. Etienne, Le Fil
15.02. ES Barcelona, Salamandra 1
16.02. ES Madrid, Mon Live (former Penelope) 
18.02. FR Limoges, CC John Lennon
19.02. FR Paris, La Machine Du Moulin Rouge
20.02. FR Lille, Le Metaphone
21.02. FR Besancon, La Rodia
23.02. DE Stuttgart, LKA Longhorn
24.02. DE Mannheim, MS Connexion Complex 
25.02. AT Dornbirn, Conrad Sohms
26.02. AT Wien, Simm City
27.02. DE München, Backstage Werk
01.03. BE Antwerp, Trix 
02.03. DE Flensburg, Roxy
03.03. DK Odense, Posten
04.03. NO Oslo, Vulkan Arena
05.03. SE Stockholm, Fryshuset Klubben
07.03. FI Helsinki, Nosturi*
08.03. RU St. Petersburg, Aurora Concert Hall*
09.03. RU Moscow, Yotaspace*
* = without MOONSPELL

»Cryptoriana - The Seductiveness Of Decay« was recorded at Grindstone Studios, Suffolk, UK by the very honourable Scott Atkins, esq. who has been the resident go-to producer for CRADLE OF FILTH for several albums. Dani sat in during the mix, serving up flaming mugs of teas, making the studio couch his own and lending his ears when necessary.

YEKUN (Stoner Metal/Rock - São Paulo/SP)


Banda: YEKUN

Início de atividades: Setembro de 2011

Discos lançados: “Inside My Headache” (EP), “Live at Kaffeklubben” (EP Live), “The Boars Nest” (EP)

Formação atual: JP Carvalho (vocais), Vlad (bateria), Gerson (baixo), André Abreu (guitarras) e Bruno Di Turi (guitarras)

Cidade/Estado: São Paulo - SP

YEKUN

BD: Como a banda começou? O que os incentivou a formarem uma banda?

A banda começou com JP Carvalho e Vlad, com o intuito de fazer um som pesado e lento, mas agregando elementos de outros estilos. A motivação foi a de sempre, amor pela música.


BD: Quais as maiores dificuldades que estão enfrentando no cenário?

Sendo uma banda de São Paulo, encontramos todo tipo de problemas e dificuldades, desde equipamentos precários até produtores que não estão nem ai com as bandas.


BD: Como estão as condições em sua cidade em termos de Metal/Rock? Conseguem tocar com regularidade? A estrutura é boa?

São Paulo é um cenário desvanecido para a música pesada, apesar de ainda encontrarmos pessoas que fazem acontecer e lutam pela cena. Mas a própria característica da cidade não favorece a música autoral e os grupos pequenos do cenário. Não sentimos isso diretamente, porque o YEKUN não é uma banda que toca com regularidade, até mesmo porque fazemos questão de ter as mínimas condições para que isso aconteça.


BD: Hoje em dia, muitos gostam de declarar o fim do Metal, já que grandes nomes estão partindo, e outros parando. Mas, e vocês, que são uma banda, como encaram esse tipo de comentário?

O Metal e o Rock em geral nunca vão ter fim! Acredito que o que tem ocorrido nos grandes centros seja o desinteresse pelo Rock autoral de forma geral, percebemos uma vertiginosa queda na qualidade das apresentações e consequentemente um aumento significativo de preços nas casas que ainda abrigam tais apresentações.


BD: Em termos de Brasil, o que ainda falta para o cenário dar certo? Qual sua opinião?

União é a palavra! Hoje em dia devido as diretrizes econômicas do nosso pais as pessoas pensam duas vezes antes de gastar seu dinheiro em alguma coisa. Isso aliado a falta de interesse, gera um esvaziamento das apresentações. Mas ainda acreditamos que isso pode mudar, não apenas para nós como banda, mas para o cenário como um todo


BD: Deixem sua mensagem final para os leitores.

Parafraseando Giacomo Leopardi (Poeta e Filosofo Italiano – 1798/1837):

“Do hábito da resignação nasce sempre a falta de interesse, a negligência, a indolência, a inatividade, e quase a imobilidade.”

Entendam como quiserem!


Links para contatos:

Links para audição: https://soundcloud.com/yekun 

BEAST IN BLACK: sign with Nuclear Blast; sign with Nuclear Blast; debut album »Berserker« due in November!


International heavy metallers BEAST IN BLACK are ready to strike with might and main! The band with former BATTLE BEAST guitarist Anton Kabanen will release their debut album titled »Berserker«, in November. Its cover artwork marks the return of the collaboration between Anton and Roman Ismailov who was the original illustrator and graphic artist for BATTLE BEAST. Additionally the band can proudly announce that they have signed a worldwide record deal with the famous heavy metal powerhouse Nuclear Blast. More info on BEAST IN BLACK's debut album coming soon...!

Anton Kabanen stated:
"Our wildest dreams came true when we made a deal with Nuclear Blast, the biggest and the best heavy metal label in the world! We are thrilled about our debut album release in November and besides the massive anthem-like heavy metal songs we'll promise unforgettable live shows all around the world as we unleash the »Berserker« album!"


The five-piece, Helsinki based heavy metal band BEAST IN BLACK was founded by Anton Kabanen soon after he had parted ways with BATTLE BEAST in 2015. By the end of 2015 the band played their first gig as opening act for NIGHTWISH. The making of »Berserker« was already in progress back then and it was completed in summer 2017. A deal was signed with Nuclear Blast almost immediately after the completion of the album.

»Berserker« continues in the style of Anton's previously composed works which include the first three BATTLE BEAST albums. One of the essential themes on this debut album is the Japanese manga and anime »Berserk«.

BEAST IN BLACK is:
Yannis Papadopoulos | vocals
Mate Molnar | bass
Sami Hänninen | drums
Kasperi Heikkinen | guitars
Anton Kabanen | guitars, vocals

More info:

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

ONE THOUSAND DEAD (Thrash Metal Old School - Agudos/SP)


Banda: ONE THOUSAND DEAD

Início de atividades: Ano 2008

Discos lançados: EP “Infernizando”, de 2017

Formação atual: Bruno Rondina (vocais), Ricardo Quintanilha (baixo), Vagner Pereira (guitarras), Robson Pereira (bateria)

Cidade/Estado: Agudos/SP


BD: Como a banda começou? O que os incentivou a formarem uma banda?

Eu (Robson Pereira) e meu irmão (Vagner Pereira) tocávamos em uma banda chamada Trust que contava com mais um membro Márcio Mazzochi (baixo e vocais), e gostávamos de compor músicas em vez de tocar cover. Isso era entre 2003 até 2005 aproximadamente. Com a saída do Marcio da banda, o Bruno Rondina (vocal) e o Ricardo Quintanilha (baixo) disseram que curtiam muito as músicas da antiga banda TRUST, aí veio a ideia de montar a ONE THOUSAND DEAD, tocando algumas composições antigas e novas, mas já com a influencia dos dois integrantes, isso no começo de 2008, a banda parou por um período após nascimento dos filhos, mas já vamos para três anos na ativa e com vario projetos dando sequencia.


BD: Quais as maiores dificuldades que estão enfrentando no cenário?

Acredito que o cenário esta melhorando a cada dia, porém precisamos unir mais, as dificuldades ainda existem nos termos de atrair publico no cenário underground.


BD: Como estão as condições em sua cidade em termos de Metal/Rock? Conseguem tocar com regularidade? A estrutura é boa?

Até que estamos conseguindo fechar bastantes apresentações entre 2016 e 2017. Foram os anos em que mais tocamos. Quanto à estrutura, ela varia de lugar, alguns lugares tem um respeito maior pela música, em outros a ganância predomina.


BD: Hoje em dia, muitos gostam de declarar o fim do Metal, já que grandes nomes estão partindo, e outros parando. Mas e vocês, que são uma banda, como encaram esse tipo de comentário?

Bom, nos fazemos Thrash Metal tradicional oitentista, porém não gosto de rotular. Acho que a música não morre, está no sangue. Posso ficar um tempo sem escutar Metal, mas quando toco, volta toda paixão por esse estilo, não vai ter fim. Hoje em dia, vejo bandas grandes lançando discos novos preocupados em fazer um instrumental fodido, trezentos riffs, só que falta emoção na composição. Antes, bandas como SLAYER, MEGADETH, KREATOR, todos os discos que lançavam era clássicos, álbuns inteiros clássicos. Mas e hoje? É apenas legal ou fodido no instrumental, mas falta emoção, alma, identidade nas músicas. Essa minha opinião.


BD: Em termos de Brasil, o que ainda falta para o cenário dar certo? Qual sua opinião?

União. Eu vejo as coisas acontecendo muito dispersas, temos tanta coisa boa acontecendo no Metal no Brasil, mas faltam uns festivais, as bandas do underground se unirem e organizarem eventos, mostrarem seu trabalho, convidarem os amigos, correrem atrás.


BD: Deixem sua mensagem final para os leitores.

Nós da ONE THOUSAND DEAD achamos que a música é uma manifestação artística, e que como tal, deve passar uma mensagem, dar emoção para as pessoas, conscientizar abordar temas. E fazemos isso não por sucesso, dinheiro ou números, e agradecemos a cada pessoa que se interessar em ouvir essa manifestação. Obrigado e grande abraço a todos.


Links para contatos:



DEATH CHAOS (Death Metal - Curitiba/PR)


Banda: DEATH CHAOS

Início de atividades: 2014

Discos lançados: “Prologue in Death & Chaos” (EP – 2016)

Formação atual: Denir “Deathdealer” (vocal), Julio Bona (guitarras), Mamute (baixo), Ueda (bateria)

Cidade/Estado: Curitiba/PR

DEATH CHAOS

BD: Como a banda começou? O que os incentivou a formarem uma banda?

JULIO: A banda teve seu primeiro respiro em 2013 quando eu e o Denir estávamos montando um projeto de Death Metal. A partir daí saíram os esboços dos riffs que mais tarde viriam a fazer parte das músicas do DEATH CHAOS. Em 2014 acabei encontrando o Ueda (que já havia tocamos comigo em uma banda de Thrash em 96) num show e, neste momento, a banda teve seu verdadeiro início.

O que nos incentivou a formar o DEATH CHAOS foi a paixão em comum pela música e pelas amizades que fazemos com ela. Ter uma banda para quem é fã de metal não se resume apenas em tocar, mas em vivenciar o cenário underground.


BD: Quais as maiores dificuldades que estão enfrentando no cenário?

JULIO: Como toda banda underground além de tempo e dinheiro que são essenciais, afinal, a banda só existe porque cada integrante tem seus respectivos trabalhos para mantê-la, cito também a falta de valorização do “público” para com as bandas. Deixando claro que público não é só o cara que usa camiseta de banda e vai aos shows. Todos nós somos público: imprensa, bandas, produtores. Mas isso sem generalizar até porque tem muita gente que faz a diferença no cenário.

  
BD: Como estão as condições em sua cidade em termos de Metal/Rock? Conseguem tocar com regularidade? A estrutura é boa?

JULIO: Existe uma interação entre algumas bandas e produtores para os shows acontecerem e também tem casas que abrem espaço para as bandas autorais. As grandes casas de show daqui têm como base nos seus eventos bandas covers ou mainstreams. Em questão de estrutura fica difícil cobrar dos espaços “menores”, já que em um evento underground aparecem 20 pessoas para prestigiar as bandas. Estas casas também sofrem para se manterem abertas. Mas como sempre, existem exceções. Tem produtores sérios que ao trazer uma banda gringa seleciona bandas locais para tocar junto. Isso é legal.


BD: Hoje em dia, muitos gostam de declarar o fim do Metal, já que grandes nomes estão partindo, e outros parando. Mas e vocês, que são uma banda, como encaram esse tipo de comentário?

JULIO: Quem fala isso deveria dar uma pesquisada no tanto que temos de bandas de Metal pelo Brasil fazendo um som que não deixa nada a desejar aos gringos. O Metal não vai morrer. Ele pode se moldar em novos formatos como vem acontecendo, mas morrer, se depender de nós, nunca!


BD: Em termos de Brasil, o que ainda falta para o cenário dar certo? Qual sua opinião?

JULIO: Valorização e apoio de todos os envolvidos. Enquanto não entendermos que o Underground precisa ser levado a sério (e ter gente séria também) as coisas não vão mudar. Acho legal valorizar as bandas mainstreams afinal, algumas ralaram para chegar onde estão. Mas também é preciso ter uma visão mais abrangente das opções sonoras que temos. Eu particularmente só compro CDs de bandas nacionais, e cada vez mais me surpreendo com a qualidade e profissionalismo de diversas bandas desconhecidas que temos pelo Brasil.


BD: Deixem sua mensagem final para os leitores.

JULIO: Agradecemos primeiramente o Metal Samsara e o Marcos Garcia por este espaço tão importante para a divulgação do trabalho das bandas, o Gleison Jr., parceiro que está sempre nos ajudando, os headbangers e as BANDAS que apoiam, vão aos shows, compram o merchandising, sem vocês isso tudo não existiria. Para quem quiser conhecer mais a banda é só acessar nossas redes sociais na internet. Forte abraço a todos.


Links para contatos:


Links para audição: 

Vídeo oficial de “House of Madness”https://www.youtube.com/watch?v=QG9XLWEfLvA



MICHAEL SCHENKER FEST - sign worldwide deal with NB; new album and tour

signs worldwide record deal with Nuclear Blast; announces new studio album for spring 2018 plus North American tour!

Michael Schenker is one of the most significant rock guitarists in the history of music. He has mesmerised the rock community since the 70's with his characteristic guitar play and contributed not only to SCORPIONS classics such as 'Lovedrive', 'Coast To Coast' and 'Holiday', but also constructed himself a monument during his time in UFO by writing hits like 'Doctor Doctor' and'Rock Bottom' among others. His playing has influenced several generations of guitar players enormously.

Back in 1979, the "German Wunderkind" decided to be his own boss. He founded the MICHAEL SCHENKER GROUP aka M.S.G. and released the masterpieces »Assault Attack« and »Built To Destroy«, the live legacy »One Night At Budokan« as well as the McAULEY SCHENKER GROUP pearls »Perfect Timing« and »Save Yourself«. Around that time, outstanding musicians such as Billy Sheehan (MR. BIG etc.), Don Airey (DEEP PURPLE etc.), Cozy Powell(ex-JEFF BECK etc.), Chris Slade (AC/DC), Pete Way (UFO etc.) and Neil Murray (ex-WHITESNAKE) were all invited by Schenker to play with him. M.S.G. also became home of great vocalists, most notably Gary Barden, Graham Bonnet (ex-RAINBOW etc.) and Robin McAuley. Those guys were also a part of the comprehensive MICHAEL SCHENKER FEST, whose celebrated Tokyo show was released as live CD, DVD and Blu-ray this March recently passed.

Now the time has come for Michael Schenker to move another step forward: He fulfills the long-awaited dream of all hard rock fans by etering the studio as MICHAEL SCHENKER FEST. The band have just started the recording process for a brand-new studio album with producer Michael Voss. Its release is set for spring 2018 through Nuclear Blast, the band's new record label.

Comments Schenker, "I am very happy to have signed with Nuclear Blast Records and I am looking forward to releasing a killer MICHAEL SCHENKER FEST studio album in the spring of 2018. The album will bring together past and present in the form of 3 original M.S.G. singers - Gary Barden, Graham Bonnet & Robin McAuley - and the current MICHAEL SCHENKER'S TEMPLE OF ROCK vocalist Doogie White (ex-RAINBOW). Keep on rockin'!"

With this latest signing, a long-desired dream came true for the South Germany-based label. Owner Markus Staiger grew up with Michael Schenker's music and is also one of his greatest admirers. "I'm proud to be able to work with the ultimate guitar god, Michael Schenker. He has always been my idol and he's the reason why I started to play the guitar when I was 13 years old. But I was ungifted in that area, so I had to stop and decided to found a record label instead. It's a great day and I feel happy just like back in the day when I was listening to »Lovedrive« and »Michael Schenker Group« for the very first time, and went nuts! Thanks!"

MICHAEL SCHENKER FEST will be playing several shows this year, including two German performances at Bang Your Head!!! Festival and Capitol Offenbach.

Photo Credit: Michael Voss

MICHAEL SCHENKER FEST - Tour Dates:

2017

MICHAEL SCHENKER FEST
featuring 3 original M.S.G singers Gary Barden, Graham Bonnet and Robin McAuley

15.07. D Balingen - Bang Your Head!!! Festival
15.10. J Tokyo - Loud Park Festival
25.10. D Offenbach - Capitol
27.10. E Santander - Escenario Santander
28.10. E Pamplona - Auditorio de Burlada
29.10. E Barcelona - Razzmatazz
31.10. NL Zoetermeer - De Boerderij
02.11. UK London - o2 Shepherd’s Bush Empire
03.11. UK Sheffield - o2 Academy
04.11. UK Manchester - o2 Ritz
05.11. UK Hull - City Hall


2018

MICHAEL SCHENKER FEST
featuring 3 original M.S.G. singers Gary Barden, Graham Bonnet and Robin McAuley plusDoogie White (ex-RAINBOW, MICHAEL SCHENKER'S TEMPLE OF ROCK)

03/06 USA Silver Springs, MD - The Fillmore
03/07 USA Pittsburgh, PA - Carnegie Music Hall
03/09 USA Boston, MA - Berklee Performance Center
03/10 USA New York, NY - Irving Plaza
03/11 USA Philadelphia, PA - Theatre of Living Arts
03/12 CDN Montreal, QC - Club Soda
03/14 USA Detroit, MI - Royal Oak Music Theatre
03/16 USA Cleveland, OH - Agora Theatre
03/17 USA Chicago, IL - Concord Music Hall
03/18 USA Milwaukee, WI - Pabst Theater
03/19 USA Minneapolis, MN - Cabooze
03/22 USA Seattle, WA - Neptune Theatre
03/24 USA San Jose, CA - Events Center
03/25 USA Anaheim, CA - The Grove
03/26 USA Phoenix, AZ - Marquee Theatre
03/27 USA Las Vegas, NV - House of Blues
03/29 USA Denver, CO - Cervantes Ballroom
03/31 USA San Antonio, TX - Vibes Event Center
04/01 USA Dallas, TX - Bomb Factory
04/03 USA Tampa, FL - The Ritz

---
More info: